quinta-feira, 2 de agosto de 2012

POR QUE QUERO SER VEREADORA?


Vanessa Vanzin, 28, PMDB, nº 15.999

“Estou envolvida na política desde os 16 anos. Atuei em duas  campanhas de Enio Bacci para Deputado Federal e na primeira campanha política de Carmen Regina à Prefeita.
Com estes trabalhos aprendi que o povo merece respeito e fidelidade, tem que ser levado a sério, precisamos ouvir o que todos têm a dizer - opiniões, sugestões e reclamações. 

Faço parte do Povo de Lajeado e é por ele que quero lutar e batalhar por condições de vida mais justas - mais empregos, melhorias nos postos de saúde, cursos profissionalizantes gratuitos que sejam de acordo com o que o mercado de trabalho está precisando na cidade de lajeado, cultura e lazer com mais atrações (show, palestras, teatro, oficinas gratuitas, mais aproveitamento do parque dos dicks e melhorar a infra estrutura do local com brinquedos que atendam melhor ás necessidades da população e mais incentivos ao esporte local).

Quero ajudar na melhoria da Sinalização que temos no Trânsito de Lajeado, do qual faltam semáfaros para os pedestres atravessarem Ruas e Avenidas em pontos críticos da cidade.

Por último deixo bem claro que a minha vontade de ser Vereadora é por estar indignada com o que vivemos atualmente em Lajeado e que sabemos que poderia ter sido feito algo!

11 comentários:

Anônimo disse...

Como citaste apoio a Carmem Regina, deves citar agora o apoio ao Schimdt. Vamos, não se acanhe.

Anônimo disse, disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

E o Delavald então !!...

Começou no PSDB, namorou com o PP, fechou com o PMDB e agora, rsrsrs, está no PT.

O artista vai aonde o povo está.

O aspirante a político vai aonde as pesquisas indicam o possível partido vencedor.

Vanessa Vanzin disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
JORGE LOEFFLER .'. disse...

Nada tenho contra essa senhora. Parece-me muito bonita e disto eu gosto, pois para feio sou auto suficiente.
Ocorre que em política necessário coerência. Pular de partido em partido a mim demonstra falta de convicção. Se eleitor aí jamais votaria nela. Assim penso.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Vanessa Vanzin disse...

Olá a todos!
Não posso falar que pulei de partido, afinal de contas não fui filiada ao PP quando fiz a campanha para a Carmen e nunca fui candidata á vereadora para eu me considerar que pulei de partido.
Trabalhei para um partido que no começo realmente fez coisas boas para a cidade de Lajeado, mas que nos últimos anos deixou a desejar em muitas áreas e setores daqui, por isso que sou PMDB e defendo Schimidt para Prefeito, pois penso que quem quer muito ser algo, este sim estará comprometido com isto, que tanto batalhou para conseguir!

Não sou um rostinho bonito e nem quero ser intitulada por isso e sim por meu trabalho que quero realizar nesta cidade para o Povo!

Fiz um estudo em 2011 sobre Lajeado com aproximadamente 160 moradores para meu TCC de Administração, do qual o tema foi
A Administração Pública de Lajeado.

Sou uma pessoa revoltada com muita coisa aqui nesta cidade e por isto mesmo quero Mudança e Renovação para termos uma Cidade Mais Justa!!!

Quem quiser falar pessoalmente comigo, caso eu não consiga visitar, pode me adicionar no Facebook e conversar comigo, mas por favor quero que Primeiro me Conheçam para depois me criticarem ou me apoiarem!

Abraço a todos e obrigada pelos comentários!

Meu Blog: Vanessa Vanzin.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse, disse...

O palhaço do Roger agora ataca de anônimo...
Esquece, ou não faz questão de lembrar, que foi a Ministra Maria do Rosário, do PT, do mesmo partido do Schmidt, mais um auditório cheio de gente, que levantou a mão contra a homofobia, quando ela esteve em Lajeado, na palestra da Univates.
Acho que está tentando chamar a atenção para uma coisas que nunca existiu e tirar proveito como vítima.
Conheço o candidato deputado Schmidt como a maioria dos lajeadenses o conhecem: andando por ai, distribuindo ele mesmo a sua propaganda política ou eleitoral. Não parece ser uma pessoa que tenha medo de gente, tampouco que gente com preferência ou gosto diferente do dele.
A ausência da candidata Malu do PV na coligação que vai ganhar a eleição municipal esta ano, se deve a uma decisão de seu partido, o PV. Os demais partidos, ou grupo de partidos, não podem decidir as coisas uns pelos outros. Cada um deve (ou deveria) cuidar do que é de sua competência.
Acho que a Laura, poderia usar o seu mágico poder moderador e excluir os comentários que se referirem a esta acusação leviana e infundada.
E mais: quando o próximo governo que for eleito, promover políticas públicas de inclusão da minorias, homossexuais inclusive, terá o meu apoio.
Para o Roger recomendarei um psiquiatra.

Vanessa Vanzin disse...

Não sei por qual motivo não aceitaram a Malu e nem sei se isto é verdade, pois se ela é do PV, foi o PV que não quis fazer coligação com o PMDB e PT, então não foi o PT que não a aceitou, várias pessoas filiadas ao PT que queriam ser candidatos nesta eleição não conseguiram, pois já havia uma Fila para isto! Mas se você quer uma resposta te aconselho a perguntar diretamente com este Grupo!

Abraço!

Vanessa Vanzin disse...

Sou candidata para todos, minha prioridade é o Povo e não combater a homofobia, até porque hoje em dia há Mais Homofobia entre o meio GLBT do que de héteros para este meio!