segunda-feira, 15 de setembro de 2008

EMAIL SAUDOSISTA?..
Cardápio do "Billy Burger"... photo Egomar Kierchheim
“Sabes que estou notando, que muita gente por todos os lados, estão curtindo uma fase muito acentuada de "nostalgia", não te parece?
A sensação de que as coisas estão mudando muito rápido e nós sem tempo de assimilarmos estas mudanças.

Concordo com o que muitos sentem, ninguém quer ser contra o progresso.
Mas, mudanças radicais, não tanto psicológicas, principalmente físicas (prédios , paisagens, cultura, musica), acho que essas, definitivamente, nos causam um "dano" que de imediato, não nos damos conta.

Um sentimento de "vazio", de "não pertencer", não "conhecer mais", toma conta de nosso ser, não achas?
O que nos faz "completos" com um meio e a realização de que temos raízes neste meio, temos historia, passado. Temos uma “tradição" que nos vem acompanhando todos esses anos.
A remoção ou destruição das "imagens" do nosso passado é uma ameaça direta a nossa própria existência, assim como nós a conhecíamos.

Tu ainda lembras do cheirinho do Ed. Lincoln, não lembras?

E aquela "bateção de pés" quando o "mocinho" chegava com a cavalaria para salvar a caravana na matiné de domingo, no Cine Avenida?

As gincanas...lembra das gincanas? Os carros todos pintados, todos colados no radio para a próxima "dica"...e tentar decifrar.....e as festas de "15 anos"...algumas eram melhores que certos casamentos de tanto "luxo" e rangos.

Havia um programa na Independente, chamado "Antigamente era Assim" onde tocavam musicas típicas alemãs e italianas, valsas etc, se não estou enganado e os vovôs escutavam.

E aquela dupla de comediantes da Radio Farroupilha o Pinguinho e Walter Broda? Será que é do teu tempo? Acho que o Roberto Ruschel se lembra...

Não existe nada de errado em um se sentir nostálgico, nos damos conta de que estamos "chegando lá" mas que também, tivemos uma existência.

Agora, seria justo a Tropical, digamos, reviver o Antigamente era Assim e começar a tocar Beatles, Stones, Yes, Janis, ou mesmo uma Maisa, ou um Cauby Peixoto, uma Elis...pense bem...já são mais de 35 anos atrás ou mais ....
Estamos todos entrando na fase do "Antigamente", é ou não é?"

Sergio Dahlem
* Zero Hora de hoje valida o saudosismo:
Luis F. Veríssimo comenta os bondes de Porto Alegre.
Reportagem de capa do 2º Caderno traz antigo cinema...

2 comentários:

Stella Maris Reckziegel disse...

Sérgio, se tu queres ouvir o melhor da música popular brasileira e os clássicos que marcaram época, sintonize na Transamérica Light 91,7 fm.Faço a programação local, das 10:00 às 12:00 e das 17:00 às 19:00 horas.Há dez anos passei a ser radialista, e há quatro sou responsável pela programação local da Rede Transamérica Light 91,7 fm...a rádio para quem tem classe.Logo logo estará online.Aguarde! Um abraço!

Anônimo disse...

putz. Propaganda?