domingo, 5 de julho de 2009

TAMANDUA: BOSQUE DOS 70 ANOS

A Comissão de Restauração foi super feliz e criativa com a implantação de um bosque comemorativo aos 70 anos da Igreja. Em tempos de proteção ao Meio-Ambiente a idéia foi exemplar e conquistou o apoio de empresas e entidades: hoje 70 árvores devem crescer!
Autoridades plantando árvores nativas doadas pela Certel...

... assim como várias pessoas da comunidade: prof. Edel Romy e sua filha Patricia Conrad.


Diretora da Escola Henrique Greiss, Liane Vogel e a pequena aluna Laura...

O historiador Edvino Claas



Há 12 anos, o colega Alício de Assunção chegou como "estrangeiro" em Tamanduá. Casou com Marla Kayser e adotou aquela comunidade como sua. De formação católica, Alício empenhou-se na restauração da Igreja, porque a crença na História é maior que os desínios religiosos e suas divergências em pleno século XXI. Como escreveu o escritor, Camilo Cela:

"A história, a indefectível história, vai a reboque das idéias."
Que grande e inspiradora idéia, Alício!

2 comentários:

Heinz disse...

essas fts dão uma bela colcha de retalhos, onde um fio costura algo sólido e de valor
parabéns, mesmo , pra todo esse povo que alinhavou essa história, e vlw ao blog, por ter trazido aos olhos, aquilo que não pôde se vivido

geheimnis disse...

ainda bem que elas estão enterradas BEM longe de lajeado, só assim para esse bosque se tornar realidade.