terça-feira, 3 de março de 2009

O FIM DA MÚSICA

“Assim como Fukuyama proclamou o "fim da história", pode-se dizer que estamos vivendo o "fim da música".
Não no sentido apocalíptico ou de extinção, mas de saturação.


(...)
O resto será puro lixo, apenas poluição sonora.


(...)
Quem pode produzir hoje uma ópera ou um musical da Broadway, não melhor, mas pelo menos no nível dos melhores? Como ousar canções de amor sofisticadas depois de tudo que Cole Porter e Tom Jobim fizeram? Como reinventar o rock, a MPB, a bossa nova, o soul, o folk, o flamenco?


(...)
Talvez por isso a produção musical moderna mais interessante seja a derivada da eletrônica e do hip hop, das fusões de ritmos e timbres, principalmente porque nada, melhor ou pior, já foi feito antes.


Nelson Motta

Tintimportintim: http://sintoniafina.uol.com.br/

Mas ... Por falar no gênero...

Dia 3 de abril, no Clube Tiro e Caça de Lajeado, show da dupla sertaneja-universitária, BRUNO E MARRONE.

Ingresso? Mesa na primeira fila?

1.200 paus, outras mesas: mil ou 800 paus.

Vai assistir de pé? 35 pila.
Crianças de até 7 anos não pagam ingressos.

Não deveriam nem deixar entrar...

2 comentários:

JORGE LOEFFLER disse...

Lady Laura minhas lentes são: 4.5 graus para longe e 6.75 para perto. Penso não ter lido corretamente os valores dos ingressos, pois se bem entendi, estão os mesmos muito, mas muito fora da realidade mesmo ou sou muito mais pelado do que até agora me imaginava. De qualquer sorte me resta o conforto de sempre que tenho à minha frente uma mulher madura vê-la sem as rugas que tanto as preocupam depois de certa idade. Preocupação descabida em minha maneira de ver, pois a mulher aos olhos de homens vividos é analisada pela sua cabeça, ou seja, o conteúdo importa muito mais do que a aparência. A beleza da mulher está ma sua educação, cultura e inteligência. Amanhã estaremos rumando à Ilha da Magia de onde partiremos na sexta-feira, depois de atendido um compromisso com meus manos, quando iremos para Guaratuba visitar meu único mano consangüíneo. De lá esperamos retornar lá pelo dia 20 no mínimo. Terei imensa dificuldade para abastecer este espaço, pois a TIM vendeu uma coisa inútil que deveria me permitir acessar internet sem fio, só que esta coisa não funciona, é uma verdadeira merda. No retorno vamos ajuizar ação para resilição contratual.

Marcelo Petter disse...

Não deveriam deixar entrar, mesmo!