quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

SEGURA PEÃO!


Começa hoje o 2º Rodeio Crioulo Estadual de Lajeado no Parque do Imigrante.

Muitas apresentações de danças de salão e tradicionais, chula, declamação, fandango com César Oliveira & Rogério Melo e ainda Grupo Bate Casco, mais de 20 grupos de danças inscritos para as apresentações, competições de laço nas modalidades familiar, capataz, guri, prenda, veteranos e diversas outras, tendo como destaque a modalidade Taça Cidade de Lajeado.

O buchincho segue até o dia 17 de janeiro.

Um comentário:

Róger D'Oliveira disse...

Animais não são para entretenimento.
Desculpe meu preconceito, ultrapasso a barreira da escolha individual e esbravejo para os 7 cantos de Lajeado aquilo que penso sobre a relização de Rodeios.
Na minha concepção prática e pessoal, é possível viver sem utilizar os animais pra nada. Aliás, podemos nos divertir com tanta ou maior extravagência sem os animais. Pra ir ao cinema, não precisamos dos animais. E nem o filme exibido necessita de animais para ser engraçado ou interessante. A nossa pipoca não precisa de animais. E a Coca Cola, muito menos. É possível se entreter sem utilizar os animais. E por que insistem em laçar as pobres vacas?
Os rodeios realizados no interior de nosso estado são todos iguais. E mesmo que fossem diferentes, seriam em todas as suas proporções imensuráveis em matéria de exploração animal.
Começou hoje o 2º Rodeio Tradicionalista de Lajeado no Parque do Imigrante. De 20 á 24 de Janeiro teremos o maior rodeio do interior do estado á ser realizado em Fazenda Villanova. E por aí vai, durante estes primeiros meses do ano a realização de diversos eventos deste gênero.
Eu pessoalmente e conscientemente não participo destes eventos. Eu odeio rodeio!
Pra eu, os animais merecem respeito. E pensando como um ser humano inteligente, que faz parte de uma natureza maior que a existência significativa de minha própria vida, sinto-me na incumbência de propor uma reflexão séria e ética nestes dias tão estranhos.
Em 2012, quando eu vier á concorrer para prefeito ou vereador de Lajeado, dentre minha plataforma de atuação política desejo criar um amplo debate em nossa sociedade sobre este tema. Em tempo: os vereadores de Lajeado não aprovaram uma verba de 22 mil reais, que no ano passado foi solicitada pelos organizadores do pretenso evento para financiar as premiações. Foi um passo firme, uma vitória silenciosa em partes. O meu partido que é o PP queria aprovar, mas a oposição foi mais forte. Devo tirar o chapéu para os edis dos demais partidos. Nestas horas, meu amor pelos animais é mais forte que minhas ideologias. Aliás, quando se pensa com o coração, pra que questionar a razão?
Quero que todos sejam felizes, mas com a saúde de entretenimentos que não usem outros em detrimento de alguns.
Pobres vacas á serem laçadas, pobres cavalos á correr com um peão sobre si. Você correria sob um sol de 40°C? Como diria a música de Chico Cézar:”...se é luxo ou é lixo, quem sabe é o bicho que sofre o esporão...”