quarta-feira, 22 de outubro de 2008

EGOMAR, A LENDA...


Lenda que é lenda tem histórias que surpreendem até os bisnetos.

O meu candidato a “Lenda da Galera”, atravessava à nado o Taquari, quando esse era de verdade... E tomava banho pelado para inveja das fofoqueiras de plantão.


Porque é assim ó:

lenda que é lenda toma mordida de cobra.
E depois morde ela.


Lenda que é lenda bebe água do engenho


e não morre contaminado.
Lenda que é lenda estudou no Ceat, Melinho e Castelinho

pra desespero das diretoras...
Lenda que é lenda toca em banda de colégio

e escola de samba.
Lenda que é lenda joga campeonato de basquete pelo Bira
e bebemora na “boca da lua”...
Lenda que é lenda já foi um dia Amaro Cascudo...
Lenda que é lenda atuou no cinema...

mudo, filme super 8.
Lenda que é lenda alugava o caíco do Aldino para atravessar as enchentes.
Lenda que é lenda queimou os pés em macham-bomba (?!!), tomou flechada na cabeça e foi até Minas Gerais de carona de caminhão com o Roda Baixa e o Vebinha para arranjar uma noiva que desconhecesse seu passado... de lenda.


Passe na Prata Surf e vote nessa lennnnda:

Neneco.


2 comentários:

maris disse...

O CUMPADRE , ESQUECESTE DE DIZER QUE:
LENDA QUE É LENDA, PERDE O DEDO NO ENGENHO, E, PRÁ DESESPERO DA MÃE, O DEDO CHEGA ANTES DELE...A LENDA

Macabéa, Alien disse...

meu pai tbm conta esta história...
que ele foi muito perto do moinho e teve o dedo decepado.
segundo meu pai, muito sangue e guri correndo para todo lado.
crédo!