sábado, 15 de setembro de 2012

EMAIL OBSERVADOR


@ “... piada: a festa à fantasia em meio à movimentação política.
não dá para saber quem quer fugir mais da realidade, os festeiros ou os candidatos.
não dá saber quem se fantasia melhor. quem gasta mais na fantasia...
não tem como não pensar que uma campanha política é uma fantasia bem/mal construída.
ainda bem que eles acreditam nas suas fantasias porque eu encho o saco da dramatização toda. não creio mais em nada.
eu lembro da Malu contando as suas façanhas na festa à fantasia e me pergunto se hoje elas renderão votos. 
tenho uma colega que diz que se a Malu entrar, cada uma que investigue o marido, pois são muitos votos para ela entrar e se entrar... talvez sejam nossos maridos.... será?” Autoria preservada

4 comentários:

Róger D'Oliveira disse...

Laura querida, eu lamento por ter participado e apoiado a bandalheira que virou o momento atual que testemunhamos.

Meu perdão a todas as esposas e conhecidas. E quanto a Malu?! Não ganhará o meu voto. Sou homossexual e luto contra a homofobia, não sou porta standart de oportunismo barato.

Anônimo disse...

É aquela festa degenerada de novo. Espero conseguir dormir.

JORGE LOEFFLER .'. disse...

Recuso-me acreditar que haja tantos maridos degenerados em Lajeado. Será mesmo que as coisas andam nesse nível? E admitindo que tal seja procedente as esposas não estariam contribuindo para tal? Na vida de um casal penso deva haver liberdade ampla desde que os dois se entendam. Fantasias não são privilégio somente de maridos, pois esposas também tem cérebro e uma “safadeza” dentro do casal não prejudica a relação, podendo ao contrário reforçá-la. Concordam?

Anônimo disse...

O pessoal está querendo uma safadeza uma sacanagem... Parabéns pela coragem Jorge...