quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Querido diário...

Sei que não é época: “planta só nos meses que não tem “r”...” disse o jardineiro Preto. Mas, entusiasmada com estes dias de friozinho e sol, fui até o horto do Jardim Botânico comprar árvores. (Super bem atendida!) De lá, mandaram para a Secretaria de Agricultura, no Ginásio dos Dick, onde peguei um papel de autorização. (Super bem atendida!) De lá, mandaram para a prefeitura realizar o pagamento. Enfrentei a fila no guichê, e peguei o boleto. (Bem atendida!) De lá... enfrentei a fila do banco do Sicredi. (Atendida.) E então retornei ao horto para buscar as minhas árvores. (Bem atendida!) Havia um casal também comprando árvores. As pessoas estão se tocando, né? E de láááá.... voltei para casa onde dei de cara com o lagarto, que me arrepiou todos os pelos do braço. Já liguei para a Patram e nada.

Resumindo: gastei mais gasolina do que o valor da figueira, pau ferro, canafístula, cerejeira, guabijú. Só dois reais cada muda! Ainda passei na Associação Rural e recebi todas as dicas de plantio. Tô empolgada! Não é a primeira vez que planto árvores, mas não tantas de uma vez só e para deixar de herança para os netos. Acho que não é nessa vida que ainda poderei ver a sombra da figueira...

Tomara que meu dedo seja verde. Tomara!



8 comentários:

JORGE LOEFFLER disse...

Lady Laura há em minha região uma pequena cidade cujo nome é Terra de Areia.
A Administração de lá, uma das melhores do litoral perdeu a eleição. O eleitorado tem o que merece.
Pois o horto florestal de lá forneceu todas as mudas de árvores que margeiam a Rota do Sol. E qualquer cidadão que lá compareça, ainda que não residente lá, escolha as mudas e nada lhe custa, pois entendem que quem se dispõe a plantar árvores merece de parte deles o maior respeito,viu?

Anônimo disse...

A sim , até o santo acredita.

JORGE LOEFFLER disse...

Caro anônimo basta você quando for a Torres ou mesmo Floripa, entre na cidade e chegue até a Prefeitura que não está mais de 500 metros da rodovia e veja com os seus próprios olhos (me perdoe o pleonasmo, mas sua contestação me forçou a usá-lo para dar maior ênfase ao que afirmei) onde o senhor será atendido com muita educação e gentileza, além é claro, de levar algumas se estiver disposto a deixar algo positivo aos seus herdeiros, além de eventuais bens materiais.

Anônimo disse...

Eu conheço a cidade, mas, isso é para os moradores, então com o perdão da palavra, o senhor se identificou sendo de lá.

Micro-man disse...

ATENÇÃO, ATENÇÃO:

Vereador de Lajeado fez discurso na Câmara de Vereadores sugerindo a parceria com Prefeituras do RS para que plantem em seus municípios as árvores que não puderem ser plantadas em Lajeado, por falta de espaço. Reforçou dizendo que é uma maneira simples de resolver o "problema".

Meu amigo Jorge, habilite-se pois em breve o município de Lajeado estará exportando mudas árvores.

JORGE LOEFFLER disse...

Caro Micro-man não é por outra razãoque os ilustres Vereadores vem ponteando a pesquisa vigente no blogue. Agora exportar mudas vai ser difícil por estarem cobrando dois pilas por muda. Como já enfateizei em comentário anterior, bemaqui pertinho, naciddedeTeradAreiaasmudas são distribuidas gratuitamente a quem desejar plantá-las.Mas seles sempre tem algo a dizer.
Os daqui não são nada diferentes.
Já ouvi Vereador, quando da distribuição de uma medalha no anivesário do muncípio, dizer: "vou falar sobre a árvore genital de meu homenageado. Queres mais? Olha que tenho algumas outras.
A propósito me informa o dia em que esses senhores trabalham, pois quando visitar minha filha pretendo assitir a uma Sessão do Legislativo daí e assim conferir as qualidades como também as mancadas deles.

Anônimo disse...

É bem tosca!

Cara, liga para os bombeiros. Ainda se duvidar vem uns gostosões...

Eles vem em dois, pegam o animal de luvas e levam para outro mato.

O número é 193.

Macro-man disse...

Enquanto isso, do outro lado do rio, em Estrela, mudas de eucalipto por apenas 8 centavos. O I T O CENTAVOS.

Qual o mal em fornecer de forma gratuita as benditas árvores, que vão embelezar (de graça) o nosso município?

Só para pensar...