terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

LAJEADO: VIRADA EM DROGA



“Se Porto Alegre é a capital de todos os gaúchos, algumas cidades poderiam dividir o título quando o tema é a criminalidade.
Entre as candidatas ao indesejável posto está Lajeado, campeã em apreensões de drogas.
 O município está no topo da uma lista nesse tipo de crime elaborada pelo jornal Zero Hora, baseado em dados da Secretaria da Segurança Pública, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).
Conforme o mapa, 226 pessoas foram flagradas com entorpecentes na cidade em 2010, uma média de 316 pessoas a cada 100 mil habitantes. Em Canoas, cidade que está em segunda colocação no ranking, foram 229 casos, usando-se a mesma proporção. Cachoeirinha, Montenegro e Sapiranga completam a lista.
O perfil dos usuários é bastante definido: jovens, com idade entre 18 e 22 anos, motorizados e em busca de drogas na periferia da cidade.
Metade deles, no entanto, não mora na cidade. Vem de municípios vizinhos no Vale do Taquari.
O promotor de Justiça e coordenador do Fórum Municipal de Enfrentamento à Drogadição de Lajeado, Sérgio Diefenbach, defende que a Polícia Civil tenha um setor específico para investigar o tráfico de drogas:
- Gostaria de ver a polícia investir mais contra o tráfico de drogas. O mesmo policias que investiga furto de carro e homicídio precisa prender traficantes, e não deveria ser assim. É necessário um reforço na área de investigação, com agentes destinados a isso – defende."

5 comentários:

Anônimo disse...

E quem trás tanta droga prá lajeado ?
Será mesmo que são esse coitadinhos de chinelo de dedo q vendem prá sustentar o próprio vício ás vezes e não sabem nem falar ou estão a milhão o dia todo, possuem tanto poder e agilidade prá tornar lajeado pólo de drogas...
Será ?

Alexandre Luiz disse...

O que me intriga é que a poucos dias estavamos discutindo o cheiro de estrume e urina dos Cavalos que participaram do Rodeio de Lajeado. Não vejo, no caso em tela, tanta preocupação. Isso é que assusta.

Luís Galileu G. Tonelli disse...

Eu vejo a notícia como positiva, antes de me atacarem leiam tudo.

Talve a nossa polícia esteja também trabalhando com mais afinco. Realmente duvido que o consumo em Lajeado seja maior do que em outros municipios. Por sermos um centro do vale muitos buscam aqui. Mas não se consome aqui apenas.

Sendo assim parabenizo nossa Brigada Militar e Polícia Civil por realizarem tais apreensões. Espero que a repressão aumente ainda mais.

Anônimo disse...

Luiz
Com todo respeito , tu está muito por fora da realidade das ruas..
Cada dia aumenta mais o consumo , a liberdade tomada pelos traficantes e usuários é cada dia mais escrachada e a polícia até pode fazer uma frente , mas tá perdendo de mil a zero para os drogados e cia ltda...
Todo mundo sabe onde andam traficantes e usuários e muito pouco é feito ou (e) conseguido , pois se fosse do contrário não se geraria uma notícia como do clic RBS...
Agora de uma coisa tu está certíssimo , a repressão tem de aumentar e virar pressão total..Talvez assim minimize a (um pouco) coisa...

Luís Galileu G. Tonelli disse...

Concordo com o que tu disse anônimo, mas em partes. Sim a violência e o consumo vem aumentando a olhos vistos e diferente do que tu pensa não estou longe da realidade das ruas. Convivo com ela o ano todo como professor. Vejo alunos terminando de se acabarem nas drogas, outros mesmo "tendo motivo" mantendo-se afastados.

O que quero dizer é que notícia ruim seria o número de apreensões diminuir. Seria certeza de vistas grossa ao problema. Mesmo que a apreensão e combate não sejam o ideal, o aumento nas apreensões mostra um caminho, que deve ser melhorado sim, mas já um caminho.