sábado, 23 de abril de 2011

BOA PASCOA PARA TODOS NÓS!


Quero dividir uma intimidade com vocês porque acredito que alguém pode estar passando pela situação que vivemos há duas semanas:
a pequena Anna Clara com seus dois anos de vida  consertou seu coração.
Um sopro que não fechou. Um coração que passou a crescer muito.
E crescente também nossas incertezas, angústias.
O médico explicou que coraçãozinho assim se parece com um coração de atleta: bate muito mais. 
E o dela não batia, mas corria, pulava cerca, se jogava de paraquedas, escalava os píncaros. E por isso nossa Anna não  ganhava peso. Além do que eram tantos remédios que driblavam seu apetite.
Mas a gente hesita.
Temos todos os receios previsíveis.
E adia. Compreensivelmente.
A operação foi realizada no dia 14 deste mês, no Hospital da Criança Santo Antonio junto à Santa Casa, em Porto Alegre.
Adivinhem quem já está correndo lá fora, chutando canela e gritando “não!”?
Quando dizem que as crianças superam muito melhor que os adultos essas contingências da vida, tinha minhas dúvidas. 
Não tenho mais.
Anna Clara já está correndo pelo quintal e procurando, decepcionada, o ninho que o coelhinho vai deixar. Expliquei que é só no domingo.
Mas o que é um domingo para quem carrega um coração consertado?

A metáfora “coração nas mãos” não coube só a nós. Literalmente, à equipe médica que atendeu Clarinha: o coração para. O sangue estanca. O osso é cortado. Tudo é costurado. Volta à funcionar. E por competência médica e vibrações positivas e fé de algumas pessoas especiais, por orações que vieram de Roca Sales, de Florianópolis, Porto Alegre, Estrela, Rio, Venâncio Aires, posso dizer que tudo deu muito certo.

A mana de Clara pergunta:
- Dói aqui?
- Não!
- E aqui?
- Não!
E sai correndo para andar na motoca que a bisa deu. Ou o coelhinho?

Agradecemos tanta demonstração de apoio, de solidariedade. Telefonemas
É nessas horas que a gente sente que amigo e família onde o elo é forte, a corrente é para sempre.
Com certeza, a Páscoa deste ano tem um significado muito especial para todos da nossa família.  Espero que para vocês também.
Talvez ressurreição não seja renascer.
Mas, transformação.

* Crônica de hoje nos jornais  Opinião de Encantado e A Hora de Lajeado.

2 comentários:

serjao disse...

FELIZ PASCOA ANNA CLARA.BEIJOS DE TODOS NOS.

Margret disse...

Querida Laura, fiquei muito emocionada quando li este teu escrito, que vem do coração, da alma do sentimento. Que alívio, que renascimento para Anna e para todos vocês.Felicidades, e muitas alegrias! beijão Mag