terça-feira, 13 de novembro de 2012

IMAGENS QUE DIZEM TUDO

Rua Felipe Camarão, Porto Alegre.
Alguém está vendo os fios? Os postes?
Mozart Lopes e Beto Fluck,
quando secretarios de Obras e Planejamento,
responsáveis pela rua Julio de Castilhos, Lajeado.

Os obeliscos da AES SUL,
que muitos acham lindo e defendem.
Sim, pode se desesperar...
Essa será a marca do governo Carmem Regina
na administração de Lajeado,
a cidade mais feia do Vale do Taquari.

12 comentários:

Róger D'Oliveira disse...

Cidade mais feia? Nossa Laura, quanta modéstia. Infelizmente, pessoas mercenárias comandaram nossa província durante os últimos 16 anos. E continuaremos neste mesmo sistema, pois, só trocará a mão que dará o canetaço. Ou estou enganado?

Martin disse...

E um detalhe a respeito dos postes...não obedecem uma simetria..é só observar, e verá que muitos estão tortos, inclinados...uma verdadeira "obra de arte"...

Anônimo disse...

Esqueceu de dizer que o CDL é apoia essa feiura. Eles tambem devem ser responsabilizados.

Anônimo disse...

Aquelas goleiras são da época em que um lojista grosso presidiu a CDL. Ele comercializou espaços para o ano todo, afim de arranjar uns trocados a mais para a entidade.
Quando a prefeitura desejou tirar aquela porcaria, o CDL pressionou pela permanência.
Como a cidade "é progressista, harmoniosa e ordeira" decidiu-se por mantê-las.
Falar nisso, eu tenho até medo do que o CDL vai aprontar nesse ano. Porque a decoração do ano passado foi ao melhor estilo Salvador Dali: surreal.

Anônimo disse...

Também acho que os postes uma aberração, porém acho que poderei ter uma opinião melhor quando a atual parafernália desaparecer. Talvez a agressão não seja tão grande. Com relação ao simetria, acima mencionada, não consegui observar. Estão todos no ângulo correto. O que ocorre é que não estão todos perfilados numa linha reta, mas isto se entende, pois a rua também não tem este alinhamento.

Anônimo disse...

Não são apenas os postes que enfeiam a rua Júlio:
- Os arcos onde penduram a decoração natalina são um horror;
- A "arquitetura" pouco elaborada da maioria das edificações (e falta de manutenção de algumas) Exemplos: a fachada horrível da Prefeitura e o edifício inacabado do HBB;
- Os toldos e marquises desalinhados;
- Até mesmo algumas vitrines são de um mau gosto de doer.

Anônimo disse...

Enquanto Lajeado estiver nas mãos de gente que compra um diploma e acha que sabe comandar uma cidade, sem se preocupar se o "desenvolvimento urbano" que promovem durante quatro anos pode gerar impactos negativos para os próximos anos ou não, Lajeado sempre será essa cidade de ninguém, onde tem muito cacique pra pouco indio. E tbm não acreditava em secretários que conduziam deficientes visuais aos postes. Mas pelo que vejo isso "já foi resolvido...". Não tenho cadastro aqui, e tbm não gosto de ser anônima, portanto, meu nome é Fernanda Maciel, tenho 24 anos, sou estudante de Arquitetura e Urbanismo e estou estudando Planejamento Urbano para Regiões com Economias em Desenvolvimento em Dortmund-Alemanha. OObrigada LAura, to acompanhando aqui! Abraços!

ISOLDI ROLOFF disse...

Realmente, digo o mesmo de Arroio do Meio...começa pela calçada...olho nela senão o tombo é certo, isto é em toda região, é vergonhoso...poda de árvores não é feita, sacos de lixo no chão sem cesta pra depósito...apresentação antes do Natal em Lajeado: só pra isso que serve aquele elefante quase branco, pois nem o que acontece de exposição lá dentro é divulgado em jornais ou no mural da rua..VERGONHOSO..o que esse secretário de Cultura tá fazendo lá? pra dizer que trabalha pra Cultura ou "curtura"? é de botar as mãos na cabeça mesmo!

Anônimo disse...

A cidade mais feia e boba do vale, com a blogueira mais ridícula e patética...quem deve estar desesperado é quem caluniou, blasfemou, quem tem que acomodar cardumes de piranhas famintas, quem vai ter que criar muuitos CCs, aumentar seus salários, a mídia pelega que ignorou todos avanços e atacou todas obras na cidade e agora vai ficar quietinha diante da inércia, da falácia e do aparelhamento da máquina, e ainda vai posar de imparcial e querer nos convencer que está tudo ótimo...realmente deve ser desesperador!

Anônimo disse...

Querer árvores na Júlio é como querer árvores na Rua da Praia, ser contra os postes é ser contra o comércio ou a favor que os clientes paguem a conta milionária para se enterrar a fiação e os equipamentos. A blogueira continua com o discurso fácil da oposição, ser contra tudo, mas agora como governo terá de se posicionar, sob risco de perder a pouca credibilidade que resta...

Jones disse...

Mas que coisa... independente de ser governo ou não, a crítica sempre pode e deve ser feita. Para os anonimos acima, é visível que a política que vcs se referem é de uns 40 anos atrás. Do meu partido serve e do outro é ruim. Qualquer um que votou no PT ou coligados pode fazer críticas ou sugestões as ações que irão implantar. Se não tiver de acordo, ou achar ilegal deve cobrar. Sim, simples assim.

Anônimo disse...

Chamar todo mundo de ridículo é facil, quero ver dar a cara a tapa. Tenho perguntas para o anônimo acima:

1)Qual o teu nome?
2)O que vc está fazendo pra mudar a situação?

Fernanda Maciel