quinta-feira, 15 de abril de 2010

PELA VIZINHANÇA...

“somos todos filhos da mesma merda. Somos todos vizinhos dos mesmos filhas da puta gaúchos. Somos todos vermes do mesmo conservadorismo e o pessoal daqui de cima do Brasil acha tão bonitinha a estética fria e bonita mas não entendem a dor que leva tantos a se jogar daquela ponte filha da puta. Os que se jogam daquela ponte filha da puta não escolhem a ponte de ferro pq ela é bonitinha, fotogênica ou famosa. Os que escolhem a ponte de ferro para ir embora, a escolhem pq a queda é longa. E pq eles sabem que qto mais longa for a queda, maior a aceleração e mais forte o impacto sobre a água. Eles escolhem a ponte de ferro pq o rio não é tão profundo e pq as pedras são afiadas e pq todos os que caíram de lá nunca precisaram voltar para a merda que acumula vida nas terras próximas ao rio.”

http://texassucks.wordpress.com/

4 comentários:

Anônimo disse...

o problema é quando as pessoas não conseguem diferenciar a literatura da realidade.

Anônimo disse...

caro anônimo
tu te referes, no caso desse texto, ou autor ou ao leitor?

prefiro acreditar que tudo sempre se mistura, ficção e realidade, por isso o perigo de textos como esses.

Anônimo disse, disse...

Temos aí uma candidata ao suicídio, e ela já escolheu o lugar...

Mozart disse...

Está foto da Ponte é velha , bem antes da reforma de 2007 , ela foi reformada e recebeu iluminação .