quinta-feira, 8 de novembro de 2012

ABRA UM LIVRO...


O PROCESSO 

"Alguém certamente havia caluniado Josef K. pois uma manhã ele foi detido sem te feito mal algum."

Kafka

3 comentários:

Pensando disse...

Uma leitura apenas de O processo não basta. A cada retorno a ele, mais se relaciona à realidade, a irônica crítica à burocracia.Ali está, na obra do escritor tcheco, o universal ' jeitinho', e a análise subliminar, psicanalítica, da culpa. É antológica a situação de acusado, que não sabe do que o acusam, e mesmo juízes desconhecem, pois o processo perdeu-se nas gavetas burocráticas. Mesmo sem ter culpa, a assume. O que acontece, então? Vale a pena descobrir...

Laura Peixoto disse...

... o leitor com opinião q td blogueiro sonha.

Róger D'Oliveira disse...

Eu assumi uma culpa que não tinha e agora terei que prestar 3 meses de serviço comunitário. Tô me sentindo na pele do Kafka. E olha que amo os livros dele!