sábado, 6 de dezembro de 2008

HOUVE UMA VEZ UM PASSADO...

Arquivo José Victor Thomé cedido por Ricardo Hoeper Fº
BAIRRO AMERICANO NOS ANOS 70:
JÁ FOI MAIS VERDE, NÃO É?

6 comentários:

Guns disse...

Eu concordo com você sobre o verde não só em um bairro. Mas em todos eles, até mesmo os novos loteamentos não contam com áreas verdes, ao menos a maioria deles.

Mas hoje em dia, e já vem de algum tempo, a moda é "defender" a natureza. No entanto, na real mesmo, ninguém está nem aí para ela. Estão todos sugando e na hora de dar algo, vamos enterrar, cortar, esconder, etc.

O teu blog é uma luz, mas o alcance é pequeno. As ONGs, simplesmente ao que me parece apenas propagandeia. Na hora do "vamos ver", os(as) Biólogos(as) também somem. Ninguém quer ter o "pepino".

Agora o velho discurso da sala de aula sobre preservação permanece. Eu não tenho mais coragem de chegar em frente aos meus alunos e pregar a defesa da natureza ou mesmo dizer que existem leis para isso. No momento em que se evocam tais leis, existem sempre as diferentes interpretações.

Anônimo disse...

é, concordo: já foi bem mais verde. Mas as árvores deram lugar a casas de luxo com piscina, quiosques e palmeiras.

Anônimo disse...

Como dizia Cervantes: “Não há amizades, parentesco, qualidades nem grandezas que possam enfrentar o rigor da inveja.”

Anônimo disse...

Vocês devem é ser loucos, olhem bem as fotos aéreas d ehj neste mesmo local, e veja se hj não tem mais árvores.

geheimnis disse...

viva o asfalto e as palmeirinhas!

Anônimo disse...

Como assim, tinha mais árvores?
onde???.
Olha eu tenho 52 anos, e particularmente, nunca vi tantas árvores nesta cidade.
È claro que forma outras destruidas, mas muitas outras vieram.