terça-feira, 23 de dezembro de 2008

EM ALGUM LUGAR DO PASSADO...


Um comentário:

JORGE LOEFFLER disse...

Como foi boa a juventude. Dela tenho enorme saudade, mas o tempo é inexorável.