quarta-feira, 10 de junho de 2009

CASINHAS CORAJOSAS REPERCUTE...

“Tenho acompanhado teu blog e me chama muita atenção o tema das ‘casinhas corajosas’.

Bem sabes que embora tentemos fazer o melhor, nem sempre é possível pois não somos nós que decidimos onde vão ser nossos projetos, apenas como vai ser.

Desta forma temos a felicidade de, às vezes, sermos premiados com um local onde é necessário preservar pois a legislação assim define.

Estou te enviando umas imagens do projeto que estamos finalizando e que será construído na esquina da Bento com a Borges, em frente a praça. Conseguimos aliar o velho e o novo sem perder a possibilidade de explorar o lado comercial do empreendimento. Tudo aprovado pelo IPHAE.



A pesquisa foi intensa e nas fotos históricas encontramos até a árvore que vamos manter (uma, infelizmente não tem estrutura para permanecer pois está junto a um muro e sem raízes de um lado) quando ainda era recém nascida.

A área está dentro do que é chamado "entorno da casa de cultura", a única limitação obrigatória é a altura de 8 metros do nível do passeio. Tudo mais que for proposto é avaliado pelo IPHAE e eles que decidem o que pode ou não ser demolido ou construído.

Como em nossa pesquisa identificamos que a edificação original era a casinha do, "por último", Bar Sorriso propusemos manter somente esta. O IPHAE autorizou nossa proposta baseado no que apresentamos desde que, de alguma maneira, marcássemos fortemente a divisão entre o novo e o velho. Daí surgiu um afastamento entre ambos definido por um vidro vertical e outro horizontal."

Tratto Arquitetura
Arq. Giancarlo Bervian

9 comentários:

Anônimo disse...

Boa ZeroDois..Padrão !

Arquiteta disse...

Ali funcionava a antiga Ceee e reparem na calça boca de sino dos magros!
A nova construção vai arejar o centro.

Anônimo disse...

muito bom, legsal, acho que coisa velha ou se arruma ou se derruba.
e vale o mesmo para árvore, ou acham que elas não tme idade, a não, se estiverem velhas devem cai sosinhas, nossa!

Giancarlo Bervian disse...

Em tempo: parabéns e créditos ao Marino e ao Rodrigo da Virtugrafia pelo excelente trabalho no 3D.

JORGE LOEFFLER .'. disse...

Lady Laura tomo a liberdade de responder a um dos comentários.
Em países civilizados e cito a Suíça em que é proibido derrubar árvores. Eles usam lenha daquelas árvores que morrem, como todo e qualquer ser vivo, ou então quando derrubadas pelas avalanches durante os invernos mais rigorosos.

Roberto Ruschel disse...

CURIOSIDADE: foto é muito antiga mesmo. A Bento tinha mão única no sentido inverso de hoje. Notem a posição dos carros estacionados. Um deles é o Jeep do seu Elemar Diesel (Campeão), estacionado na frente da Casa dos Parquet.
Amigão, quanto tenis jogamos no CTC.

geheimnis disse...

a 3 D está bem feita, porém incompleta.
noto a falta:

- das mesas e cadeiras amarelas da skol.
- dos toldos de lona para não perder cliente quando o tempo tá feio.
- do logotipo garrafal com o nome do buteco.
- e dos carros de som estacionados em volta.

E viva o festerê dessa cidade nota 10!

ps - a árvore é questão de tempo para ser arrancada. é só o primeiro graveto ou cocô de passarinho cair no ombro da guria que o pouco que tem vira nada. bem a cara de Lajeado.

Heinz disse...

bom, reforço o comentário do comentário:
sim, na suíça existe respeito por idade, seja ela de vegetal, seja ela de humano...imagino q o mesmo sujeito que acha necessário derrubar uma árvore velha, só por se velha, também deva mandar pra asilo qualquer um acima da idade de ser útil à sociedade - ou manda 'derrubar' tbém

debocha da natureza e se supõe perspicaz, pois se a árvore cresce o tanto que cresce, cresce com sustentação...se isso não ocorre, como eventualmente vemos árvores caindo em meio urbano, é pq o homem danificou sua estrutura com calçadas sufocantes, podas erradas ou coisa assim

mas o que interessa:
parabéns pelo projeto, acho que não tinha visto algo semelhante na cidade...e nesse caso, se ñ ficou 100%, como alguém observou acima, deixa estar...eu sou mais de ir por essas: 'em terra de cego, quem tem um olho é rei'!

Heinz disse...

ahhahaha, sim, mas pertinente a observação de quem diz que 'faltam os carros de som ao redor'...ou choque de realidade ?!
o iphan(e?) podia legislar sobre tbém...afinal, música d mau gosto no último volume tbém pode afetar a estrutura de prédio antigo!