segunda-feira, 29 de novembro de 2010

A praia de Isla Grande é de uma beleza ímpar. E merece um livro, uma rede, um vinho e uma paixão. O resto é paz e alegria. E comunhão com a natureza.

Nas brincadeiras de praia, a certeza de que a vida é aquilo que desejamos para o mundo: paz e harmonia.

Já em casa, descobri pela televisão que havia conhecido uma das cinco ilhas mais belas da América Latina.

Suspirei, apenas.



7 comentários:

Johnny Puente Doria disse...

El lugar mas hermoso de las islas del rosario, muchas gracias.

heinz disse...

dIlícia tudo isso...

maris disse...

Nossa que paraíso!!!!!!!!!Também quero ir e conhecer Ana Rosa...

serjao disse...

Oooooppaaaa...Vamu nessa??????Mas, devagar, pra nao poluir o ambiente com nossas "paranoias" cotidianas.O Eco-hotel da Ana "Rosa" Martini...alguem "se ligou" nessa coincidencia?

Josiane Borges disse...

Que lindo Laura, embora tu não apareças em nenhuma foto pude te ver lá!

serjao disse...

PS. Me retrato e me desculpo. O sobrenome de Ana Rosa e Martinez e nao Martini. Mesmo com oculos ja nao vejo direito. Mas, assim mesmo, me fez lembrar da amiga. Que bom!

Laura Peixoto disse...

Oi pessoal! O Giba perguntou lá na Isla: "pra quem tu indicaria essa experiência?" Lembrei apenas de duas ou 3 pessoas... Mas ja vi q me enganei. Na minha kombi vcs todos teriam lugar cativo! E iam se dar muito bem! Valeu aí! abração!